jusbrasil.com.br
24 de Junho de 2021
    Adicione tópicos

    Sindilegis e deputado Paulinho da Força se reúnem com presidente do TCU para tratar do plano de carreira dos servidores

    O presidente do Tribunal de Contas da União, ministro Benjamin Zymler, recebeu, na manhã desta quarta-feira (26/10), os Dirigentes do Sindilegis e o deputado federal Paulo Pereira Da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força, para tratar do plano de carreira dos servidores da Casa.

    O deputado, que foi designado relator do projeto de lei que trata do plano, participou da audiência para avaliar o atual cenário do Tribunal de Contas, além de saber os principais anseios da categoria com relação ao plano de carreira. O objetivo foi conhecer os pleitos da categoria para formular seu parecer na Comissão de Administração, de Trabalho e de Serviço Público (CTASP), principal Comissão que analisa o mérito de todos os planos de carreira da administração pública federal. Esta foi a primeira vez que um relator do plano de carreira dos srevidores do TCU busca conhecer as demandas da categoria antes de relatar a proposta O ministro Benjamin Zymler agradeceu a atenção do deputado no sentido de buscar conhecer as demandas da categoria. "Ficamos muito honrados e agradecidos com a atenção e o cuidado que o relator tem dispensado ao plano de carreira apresentado pelo TCU", afirmou.

    Logo no início da reunião, o presidente do Sindilegis, Nilton Paixão, afirmou que a expectativa do Sindicato é que o plano atenda todos os servidores do TCU de forma equânime. Segundo ele, o Sindicato fará o possível para que haja uma valorização dos servidores do Tribunal, por meio do novo plano de carreira. Sobre essa valorização, Zymler destacou que o seu objetivo enquanto presidente é adotar a linearidade no percentual de aumento entre os cargos efetivos.

    Para a segunda vice-presidente do Sindilegis, Lucieni Pereira, o plano de carreira é imprescindível como um dos instrumentos de reconhecimento dos servidores que colaboram para o cumprimento da missão constitucional conferida ao TCU. "O Tribunal é responsável pela fiscalização da aplicação de todos os recursos federais e para que isso seja feito de forma eficaz é necessário atrair e, sobretudo, manter profissionais qualificados, experientes e motivados no exercício de suas funções e é isso que buscamos com o novo plano de carreira", afirmou Lucieni.

    Ao final do encontro, o presidente concedeu entrevista com exclusividade à TV Legis e homenageou os servidores do TCU. Confira no programa desta sexta-feira, às 21h30, no canal 8 da NET.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)